Empresa Portobello PTBL3
Ações

A Lucrativa Empresa Portobello (PTBL3): Vale a Pena Investir?

A Empresa Portobello (PTBL3) é uma boa empresa? Com ações na bolsa de valores de São Paulo (B3), tenho que dizer a verdade: Ela chamou a minha atenção. São 22:00 da noite de uma segunda-feira,  e eu me vejo obrigado a pesquisar sobre os fundamentos desta empresa e transformar o meu estudo neste artigo, principalmente pelo fato dela ter passado no meu primeiro crivo:  É uma empresa que gera lucro e distribui dividendos!  Como o Informaremos quer que você estude e invista nas melhores empresas, vamos analisar de forma sintetizada as principais características da empresa, e lhe prover toda a base para responder por si só: Vale a pena investir em Portobello (PTBL3)? Vem com a gente, pois lhe Informaremos!

Antes de começarmos a destrinchar sobre as ações da Portobello (PTBL3), vamos melhor entender o ‘case’ da empresa:

Portobello (PTBL3) – A Empresa …

A Portobello (PTBL3) é uma empresa que investe no segmento de revestimentos cerâmicos, e neste segmento ela é a maior do Brasil, com produção de mais de 40 milhões de metros quadrados de cerâmicas e porcelanatos, o que gera um altíssimo faturamento acima de 1,3 bilhões de reais.

A criação da empresa ocorreu no ano de 1979, e a mesma se situa em Tijucas, no estado de Santa Catarina, possuindo clientes em várias regiões.

Dono das marcas Pointer e Portobello, suas vendas atendem o mercado interno, por meio da rede Portobello Shop, home centers,  incorporadoras e construtoras, além de clientes de outros países,  sendo reconhecida no mercado de construção civil como empresa de qualidade, inovadora e que possui ampla capacidade de agregar valor aos seus produtos.

Portobello (PTBL3) – Iniciando Análise em seus Números …

A primeira análise que eu realizo para saber se uma empresa é boa (e ter interesse na análise de seus números), é verificar se a mesma gera lucros. Esta análise já nos ajuda a separar o joio do trigo, pois a probabilidade de investir em empresas que geram lucros e obter crescimento patrimonial é muito maior do que buscar os famosos turnaround, ou seja, encontrar uma empresa que tenha prejuízo e que passe a gerar lucros. A probabilidade nos ajuda muito na análise de empresas.

Conforme site Fundamentus, temos os dados abaixo:

Fundamentos Portobello PTBL3
Dados obtidos no site Fundamentos em 11/06/2018.

Como pode ser visto, é uma empresa que gerou lucros nos últimos 3 e 12 meses, respectivamente.

O P/L (Preço da Ação dividido pelo Lucro da Ação) é bastante interessante, apresentando os valores de 11,75, ou seja, considerando que os lucro permaneçam iguais a este apresentado, recebendo o mesmo seriam menos de 12 anos para reaver o capital investido na empresa, o que é um número bom em comparação às outras empresas.

Leia também:

Portobello (PTBL3) – Cotação

Com base no gráfico abaixo retirado do site Google, a cotação atual em 11/06/2018 está em R$ 3,90.

Considerando o quadro acima, nas últimas 52 semanas a menor cotação foi de R$ 2,98, enquanto a maior cotação atingiu o valor de R$ 6,15.

No período de 11/06/2017 à 11/06/2018, as cotações da Portobello (PTBL3) tiveram um crescimento de +19,33% positivos.

Porém, considerando apenas o ano de 2018, a variação de cotação encontra-se negativa em -27,04%, sendo -21,84% apenas nos últimos 30 dias, e -5,34% neste mês de Junho de 2018 (até a data de 11/06/2018, conforme informado acima).

Cotação Portobello PTBL3

Portobello (PTBL3) – Dividendos

A última comunicação de distribuição de dividendos e juros sobre capital próprio ocorreu em 04/05/2018. O quadro abaixo, retirado do site Fundamentos, nos dá a visão completa das últimas distribuições de dividendos da Portobello (PTBL3):

Dividendos Portobello PTBL3

Nota: No ano de 2016, conforme site Infomoney foram distribuídos R$  0,0143 na data de 29/04/2016.

Portobello (PTBL3) – Pontos Positivos dos Balanços

  • Maior empresa brasileira neste segmento, o que dá boa vantagem competitiva frente aos demais concorrentes.
  • TAG Along: 100% On.
  • À partir de 2008 todos os balanços foram positivos (com lucro).
  • Aumento da receita e lucros entre 2008 a 2014 (porém com redução destes números na crise à partir desta data).
  • Dívida aparentemente controlada (mas o sócio deve estar atento sempre).
  • Liquidez considerável.

Portobello (PTBL3) – Pontos Negativos dos Balanços

  • Empresa com participação acionária pulverizada: Muitas pessoas detêm partes da companhia.
  • Alternou entre pequenos lucros e maiores prejuízos entre 1995 a 2008.
  • Redução dos lucros na crise iniciada em 2014, o que demonstra fraqueza em momentos de crise.
  • Baixa margem líquida (5% em 2015, 0% em 2016 – Quase fechou com prejuízo, 6% em 2017). Margens baixam são sinal de que, a qualquer turbulência, a empresa pode entrar em negativo (prejuízo).

Portobello (PTBL3) – CNPJ e Dados da Companhia

  • Nome de Pregão: PORTOBELLO
  • Código de Negociação: PTBL3
  • CNPJ: 83.475.913/0001-91
  • Atividade Principal: Industrialização E Comercialização de Revestimentos Cerâmicos
  • Classificação Setorial: Bens Industriais / Construção e Engenharia / Produtos para Construção
  • Site: www.portobello.com.br
  • Site Relação com Investidores (PTBL RI): http://ri.portobello.com.br/

Dados obtidos no site da B3.

Portobello (PTBL3) – Empresas do Mesmo Segmento na Bolsa

Curiosamente todas as empresas do mesmo segmento de Materiais de Construção, apresenta balanços negativos, ou seja, prejuízo, desta forma apenas citarei os nomes e códigos de negociação, que são:

  • Haga. Código de negociação: HAGA3 / HAGA4.
  • Eternit. Código de negociação: ETER3.

Portobello (PTBL3) – Conclusão sobre a Empresa

Primeiramente é importante salientar que o Informaremos não é uma casa de análise e não indica a compra ou venda de ativos. É a disponibilização dos estudos de um investidor comum, como você, caro leitor.

Achei os números da Portobello (PTBL3) interessantes, principalmente calculando o atual lucro por ação, e analisando com as últimas distribuições ocorridas.

Por exemplo, se a empresa distribuísse todo o lucro atual (R$ 0,32 conforme site Fundamentus), correlacionando com a atual cotação em R$ 3,90 teríamos um dividend yield de 8,21% ao ano, o que é um número elevado.

Neste ano de 2018, até esta data, foram distribuídos como dividendos R$ 0,13 por cotação (arredondando), o que é um dividend yield de 3,33%.

Para entenderem melhor como as ações podem elevar o seu patrimônio, para quem adquirir as ações da Portobello (PTBL3) neste momento, digamos que a empresa consiga duplicar a sua atual capacidade de geração de caixa e comece a pagar R$ 0,26 por cotação (anual), isto significaria um dividend yield muito elevado de 6,67%, o que é bastante interessante!

Na segmentação da empresa, e pensando na atual situação econômica, temos a impressão de que o pior momento no ramo de construção civil já passou, o que permitirá um bom crescimento nas vendas da Portobello (PTBL3), que é conhecida no meio de construção pela sua qualidade de produtos. Até pela crise passada pela empresa, que permaneceu gerando lucros (mesmo reduzidos), nos traz um bom sinal sobre a força de manutenção da empresa no mercado.

Vale acompanhar a empresa, para quem gosta do segmento e de avaliar balanços mais de perto (trimestrais). Porém, é importante frisar que há muitas outras empresas melhores para receber o seu investimento.

Abaixo um vídeo que exibe o processo produtivo da empresa. Bem interessante! Você não vai investir numa empresa em que nem mesmo conhece o processo produtivo, correto? Então, divirta-se:

Gostou da nossa postagem? Não deixe de salvar nosso site nos favoritos e compartilhar nas redes sociais e com os amigos!

2 comments

  1. Fala VDC!

    Para nós investidores não é desvantagem a empresa ter as ações pulverizadas. Vejo isso como uma vantagem. Veja o caso da Unipar, devido a pulverização não conseguiram fechar o capital dela.

    Acredito ser uma vantagem isso ai, olha mais um ponto para a Portobello rsrs

    1. Olá II!

      Neste caso sim, é melhor para nós pequenos investidores, pois evita mandos e desmandos de quem controla a empresa, caso tenha grande porcentagem (acima de 50%) concentradas em uma pessoa ou grupo.

      Não sabia este caso da Unipar, muito bem complementado!

      Legal, não havia pensado por este lado!

      Abraço amigo!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *